Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

convívio

Relações light , diet ou zero

RELAÇÕES LIGHT, DIET OU ZERO?
Qual seu amor ou amigo mais antigo?
Num tempo de relações fugazes nos apegamos a quem?
Quem ainda tem um amigo de infância, da adolescência?
Quem ainda está com o amor da juventude?
Talvez mais recentes: quem convive com amigos da faculdade,
Os padrinhos de casamento, os compadres?
Até o convívio prazeroso com primos e irmãos muita gente não tem.
Quase sempre temos colegas ou conhecidos
Aqueles amigos confidentes ficaram nos meio-fios do passado
Os passeios de bicicleta viraram gifs nos smartphones
Os amores quentes, de beijos ardentes e amassos furtivos,
Ficaram nos alpendres das casas ou nos bancos da praça da igreja
E não vale culpar apenas o tempo, ou a falta dele.
A questão é que as relações são mesmo difíceis.
Nada é tão perfeito! São relações humanas!
Humanos são imperfeitos! E relacionar-se envolve dedicação, empenho.
Cada relação é construída dia-a-dia nas diferenças
Abraçando as semelhanças, aparando algumas arestas
Aceitando alguns pés ou olhares tortos,
Um sorriso murcho, uma gargalhada escandalosa
Um compromisso ou uma memória mais ou menos
O que não pode é carinho, afeto ou amor mais ou menos
São eles que dão a liga a toda relação feita para durar.
Relação exige alimento, coisas que deem substância
Num mundo onde tudo é light, diet ou zero
Uma relação de abraço forte, sorriso doce
E amor integral é quase uma ofensa!
Prefiro uma refeição completa, demorada, nada de fast food!
Antes viver “obesa” de amor e feliz!
Que ter que me contentar com amor “light” e amizades “zero”
FORA DIETAS!
Alda M S Santos

Como as estrelas

COMO AS ESTRELAS

Nossa vida é cercada de pessoas que irradiam luz, 

Que brilham, que aquecem

Como as estrelas…

Somos envolvidos por elas, por seu encanto

Absorvemos com avidez parte de seu brilho, beleza e calor

E, assim, também encantamos,

Como as estrelas…

Mas, tudo que é vivo, tem um tempo de vida útil

Depois se vai, morre…

Assim se dá com as pessoas encantadoras

Elas se vão, morrem, e levam seu brilho consigo

Como as estrelas…

Quanto mais uma estrela emitir luminosidade,

Ou seja, quanto mais liberar energia,

Menos tempo ela durará.

Porém, ainda que se apaguem no cosmo,

Nós só perceberemos anos mais tarde, 

Pois estão a anos-luz de distância nas galáxias

Assim se dá com as pessoas-estrela

Mesmo depois de irem embora, de se apagarem

Sentiremos sua energia dentro de nós, sua presença, seu brilho

E seremos por elas iluminados por muito tempo

Sorte de quem tem ou teve esse privilégio de convívio

Com as estrelas…

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: