Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

bondade

Essa gente simples

ESSA GENTE SIMPLES

Em cada cantinho um gesto dessa gente
Que mostra a simplicidade no jeito de ser gente
O jeitinho de sorrir e cumprimentar
A doçura do olhar e o modo de prosear
A disponibilidade sempre em ajudar
Podem estar lavando a toalha na pedra
Trançando os cabelos sentada no quintal
Dependurando roupas no varal
Ou servindo um almoço caseiro pro pessoal
Nunca deixam de atender aquele que chega
Abrem as porteiras da sua fazenda
Oferecem um pouco de sua merenda
Deixam você colher jabuticaba no seu terreiro
Pegam a escada, nada cobram, seria um exagero
Essa simplicidade no agir que encanta
Que faz dessa alma simples e acolhedora
A beleza dessa terra e dessa gente encantadora
Quanto mais simples, mais humilde, mais se doa
Deus colocou nesse cantinho só gente boa…

Alda M S Santos

Uma nova chance

UMA NOVA CHANCE

Uma vida ameaçada, uma vida em risco

Uma arma de fogo, um olhar de sangue, triste, mau

Lágrimas, desespero, pedidos de clemência

E tudo ficou escuro…

Quanto tempo? Não se sabe…

Um ano se foi…a lembrança fica

A vida foi poupada- por quem, por quê?

Por quem a ameaçou, sim

Por Deus, com certeza!

Para entender seu amor e constante proteção!

O escuro ainda retorna, incomoda, dói

Uma nova chance foi dada

E precisa ser aproveitada!

Quantas vezes temos a vida poupada sem percebermos

Quantas novas chances foram-nos dadas e não aproveitadas

Quantos anjos Deus já nos enviou e nos salvaram de perigos iminentes apenas por amor

Quantos “anjos” agem de longe por nós, para nós, machucam-se, sem sequer notarmos?

Que o escuro que ainda aparece e amedronta

Seja apenas para fazer a luz ser mais brilhante…

Que o amor e bondade vençam sempre!

Em todos os corações…🙏😇

Alda M S Santos

Meu coração não é meu! 

MEU CORAÇÃO NÃO É MEU

Meu coração muitas vezes pulsa forte

Vibrante, feliz, transbordante, inflado.

Tão cheio de amor e sempre espaçoso.

Meu coração às vezes pulsa fraco,

Dolorido, sofrido, sangrando!

Parece não caber nem o ar que necessito.

Tantas vezes vibra por amores de uma vida inteira, parceiros de alegrias e tristezas…

Noutras se enternece e sofre por amores fraternos.

Aqueles que Deus nos envia para receber acalento.

Ou para nos dar mais alento…

Missão cumprida,

Ou ficam, ou se vão…

Nossos corações são instrumentos poderosos nas mãos do Senhor!

Utilizados para gerar compaixão, produzir vida.

Nossos corações são de amores diferentes, não de amores exclusivos!

Nossos corações são daqueles que deles necessitam.

Assim, canto com Pe Zezinho:

“Toma, Senhor, que ele é teu, meu coração não é meu”!

A Ti o confio, em Ti ele está bem cuidado!

Alda M S Santos

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: