FLORESÇA

Regue o que tens de mais belo

Cultive, adube, are a terra

Dê sombra nas tardes quentes

Aqueça-se nos longos invernos

Permita-se curtir a chuva

Fortaleça suas raizes nas tempestades

Seja grato aos seus parasitas ou protetores

Compartilhe seu sol, sua sombra

Espalhe sua luz, contenha sua escuridão

Mas nunca roube o sol do outro

Cresça nas adversidades e nas intempéries

Alcance o céu, floresça!

Alda M S Santos