Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

Parceria

Queremos ser especiais

QUEREMOS SER ESPECIAIS

Tantos iguais, tantos diferentes
Tanta gente que se afina
Que pareia com a vida da gente
E ajuda a aceitar melhor nossa sina

Mas bom mesmo é ser especial
Ser importante para um alguém
Sentir-se querida, valorizada, essencial
Sem cobrança, sem detrimento de ninguém

Seja onde for desejamos reconhecimento
Do que somos, fazemos, temos discernimento
Mas bom mesmo é ser especial num coração
Onde queremos morar para sempre, por opção

Não é egoísmo, tampouco excesso de vaidade
Querer amor, carinho, admiração é necessidade
Isso faz parte de nós, de nossa humanidade
Se especiais, ficamos, entregues de alma de verdade

Alda M S Santos

Firmando laços

FIRMANDO LAÇOS

Cansaço, medo, dor, preocupação
Repouso, um pedido em forma de oração
Que haja paz, que o mal não prevaleça
Que num belo sonho tudo se esclareça

Caminhos nebulosos, difíceis, assustadores
A vida se apresenta, mostra suas dores
Passando por elas, em cada uma, aprendendo
Em cada tropeço, evoluindo, crescendo

Força, fé e coragem são renovadas
Em frente, gratidão, não estamos sós
Há anjos amigos, enviados a nós

Somos usados para desfazer os nós
O bem em olhares, palavras, abraços
Reforçando a parceria, firmando laços

Alda M S Santos

Em comunhão

EM COMUNHÃO

Busca naquela vista definitiva

Naquele silêncio exterior de paz

Em contraste com o confuso barulho interior

Conectar a natureza de fora com a natureza de dentro

Sabe-se parte de um todo infinito

Uma criação de puro amor

Em comunhão procura estar

Observando detalhes de intenso cuidado e beleza

Daquela aparente imensidão lá de fora

Vai colocando tudo em seu devido lugar na imensidão de dentro

O que se adere facilmente, gruda logo

O que parece não ter mais espaço, machuca, fere

Encaixando peças sobressalentes

Segue…em comunhão…

Alda M S Santos

Pares im(perfeitos)

PARES IM(PERFEITOS)

Não somos pés de meia ou sapatos

Não há necessidade de sermos iguais

É até preferível quando não somos

Para sermos pares, basta que combinemos

Que nos encaixemos bem, nos façamos bem

E que mesmo quando apertados ou com frio

Não causemos bolhas, calos ou resfriados

Mas que aproveitemos para nos aproximar e nos aquecer

E formar o melhor par imperfeito do mundo…

Alda M S Santos

Torço por você!

TORÇO POR VOCÊ!

Torço por você!

Às vezes falamos para os outros

Torcida é bom, fortalece, encoraja, anima

Mas bom mesmo é ter alguém a mais em campo

Um jogador ao nosso lado

Que jogue no mesmo time

Na defesa ou no ataque, na retranca ou na ofensiva

Não importa!

O que vale é lutar conosco nossas lutas

Comemorar juntos nossas vitórias

Chorar conosco nossas derrotas

E aguentar a apatia dos empates!

Mudança de time ou desistência do esporte é que não dá

Torço por vocês da arquibancada!

Mas, se precisarem, entro em campo e bato um bolão

Mesmo contundida!

Alda M S Santos

Um amor amigo

UM AMOR AMIGO

Um amor de verdade é um amor amigo.

Uma amizade verdadeira é o mais puro amor.

Quem encontra um amigo, encontra um amor. 

Quem encontra um amor, procura nele o amigo.

Encontrá-los na mesma pessoa é o maior tesouro da vida.

Alda M S Santos

Quero colo

QUERO COLO

Quero colo, mas não qualquer colo

Quero colo que me aqueça, que eu me sinta protegida.

Quero colo que me faça cócegas, que me desperte risadas.

Quero colo, que me traga palavras doces e sábias, que me convença que tudo vai passar, ficar bem.

Quero colo que me conheça, que beije minha testa, que me despenteie os cabelos e que aceite quando eu “reclamar”. 

Quero colo que me abrace forte, que me enlace, que não me deixe escapar.

Quero colo que me desconheça, que me descubra, que me torne especial, única. 

Quero colo que me beije o nariz, a boca, o rosto todo, que se lambuze de mim.

Quero colo que me acalme, que me faça cafunés, e que me faça, confiante, adormecer. 

Quero colo que lá esteja quando eu despertar…

Quero esse colo! Tenho esse colo!

Alda M S Santos

Amar é…

AMAR É…

Amar é sentir-se junto, mesmo distante,

A um cômodo de distância ou a um oceano.

É ocupar espaços ociosos, é estar dentro.

Dentro dos pensamentos, da imaginação, da emoção,

Sem, contudo, ser invasão, apenas ser bem-vindo.

É ter necessidade, é tornar-se necessário, imprescindível.

Amar é compartilhar, partilhar, ser parceiro.

De momentos sérios ou bobos, de qualquer coisa.

É Matemática emocional: dividir o tudo ou o nada.

Amar é não sufocar o outro, não se sentir sufocado, tampouco limitar.

Amar é estar disponível, é encontrar disponibilidade no outro,

Por prazer, com prazer, para um sorvete, um filme,

Para fazer amor ou para mudar o mundo.

Amar é aquecer o outro, é aquecerem-se juntos,

As mãos, o abraço, o corpo todo…

Mas, principalmente, aquecer a alma.

Amar é ser indivíduo, é sentir-se ímpar,

Mas saber que nosso melhor se encontra quando somos pares.

Alda M S Santos

 

 

 

Parcerias

PARCERIAS
Parcerias…
No jogo, no amor, na vida…
São elas que determinam nossas conquistas.
E nosso parceiro primeiro somos nós mesmos
Não podemos desistir de nós
De nossos gostos e vontades.
Esses que fazem com que estejamos inteiros para os outros
Para que possamos ser parceiros do outro.
Alda M S Santos

Encaixes

ENCAIXES

Quase tudo nessa vida depende de combinações e encaixes perfeitos

Bola na cesta do basquete, na raquete do tenista, na rede do gol

Veículos na pista, altitudes dos voos, barcos nas rotas

Portas nas casas, fechaduras nas portas, chaves nas fechaduras

Sapatos nos pés, roupas no corpo, alimentos no organismo

O anel no dedo, uma mão na outra, cabecinha no ombro

As palavras nas frases, as frases nos textos, os textos nos contextos

Passamos a vida buscando essas combinações

Afinando a percepção, aperfeiçoando esses encaixes

Mas nem tudo é tão prático e fácil assim

Alguns encaixes exigirão uma perícia maior

A fé e o indivíduo, o cidadão e sua profissão,

Uma pessoa com a outra, o indivíduo consigo mesmo

Mente, alma, coração num só corpo

Sorriso no rosto, alegria na alma, um abraço que se enlaça

Um corpo no outro… uma alma na outra.

Como crianças com seus Legos, vamos tentando

Encaixando, montando, desmontando, aprendendo

E, se possível, nos divertindo enquanto brincamos

Enquanto vivemos…

Alda M S Santos

Ping-pong

PING-PONG

Nossa vida se assemelha a um jogo de ping-pong ou frescobol. 

Mas um jogo por brincadeira, não por competição. 

Divertido é manter a bola no ar. Lancá-la de um modo que o outro receba e rebata de volta para nós, assim sucessivamente.

É frustrante quando não atinge seu objetivo, não volta.

Prazeroso é acertar o alvo, ser o alvo.

Vencem ambos se a bola é rebatida e se mantém no ar.

Perdem ambos se ela for mal lançada e cair ao chão.

Se não a lançarmos bem, o outro terá dificuldade para receber e relançar. A recíproca também é verdadeira. 

Se cair ao chão sucessivamente cansamos da brincadeira e partimos para outra.

Somos assim. Muitas vezes lançamos palavras, boas ou ruins, carinhos, sentimentos. 

Algumas vezes voltam, outra não.

Iremos preferir a brincadeira correspondida. 

Brincar sozinho não tem graça! 

Pensemos nisso! 

Alda M S Santos

Tão fácil!

TÃO FÁCIL! 

Aparentemente tão fácil! 

Encontrar um companheiro para voar juntos

Descobrir novos espaços, novos ares,

Namorar!

Novo céu, azul intenso, sol mais brilhante…

Um lar, um ninho, simples e caprichado.

Materiais retirados da natureza!

Uma família sonhada, constituída, alimentada e amada…

Ali encontram todos os alimentos que precisam.

Têm de sobra: confiança que tudo vem

Têm em falta: preocupações e ansiedades. 

O que importa têm em fartura: 

Alegria para viver e cantar!

Tão fácil!

Em qual parte complicamos, se somos “superiores” e racionais? 

Alda M S Santos

Música e Amor

MÚSICA E AMOR

Música boa é como o amor

Seja qual for o ritmo

Doce, delicada, tocante ou forte

O que vale é que toque o coração

Comece num ritmo calmo

Ou numa batida forte

Que aqueça e leve todos a dançar

Num ritmo lento ou alucinante

Numa explosão de alegria e prazer

E deixe a sensação de tranquilidade e relaxamento.

Perfeita harmonia…

E a vida se faz poesia.

Alda M S Santos

Quando olho pra você

QUANDO OLHO PRA VOCÊ
Quando olho pra você, enxergo a tristeza além do sorriso de capa de revista.
Quando olho para você, além dos passos trôpegos, caminhar vacilante, enxergo um objetivo, um destino.
Quando olho pra você, enxergo o que a alma diz em silêncio, não apenas o que a boca fala desenfreadamente.
Quando olho pra você, vejo além de um corpo com imperfeições, enxergo um coração que sabe amar.
Quando olho pra você, não vejo apenas um ser humano qualquer, procuro ver uma obra de Deus!
O que vês quando olhas para mim?
Sou apenas uma obra do Criador que busca melhorar a cada dia.
Simplesmente.
Alda M S Santos

O quebra-cabeça e os relacionamentos

O QUEBRA-CABEÇA E OS RELACIONAMENTOS

Observando os relacionamentos à minha volta chego à seguinte conclusão: nós, e a pessoa que nos é destinada, somos compostos pelas peças de um mesmo quebra-cabeça. O objetivo na vida é encontrar qual pessoa tem as peças que irão nos completar e vice-versa.

Passamos a vida montando esse quebra-cabeças, encaixando as peças em lugar errado, retirando, tentando de novo, acertando e tornando a errar. O problema é que, às vezes, passamos boa parte da vida tentando encaixar peças erradas, peças que não se completam.

Imagina um cachorro tentando encaixar uma perna de gato. Fica manco! Por isso existem relacionamentos tortos! Passam a vida forçando peças não afins a se completarem.

Quando veem que não vai dar, partem para outra. Aí, as peças já estão desgastadas, desbotadas, e, ainda assim, lutam para se encaixar em outro quebra-cabeças…

Devemos fazer como as crianças que misturam peças de quebra-cabeças diferentes. Dá trabalho, mas vale a pena separá-las para poder brincar direito.

Resumindo: o que vale é se divertir nessa brincadeira. Rir e aprender juntos com os erros e comemorar os acertos. Como em toda brincadeira, se deixou de ser divertido é hora de parar de brincar antes de começar a briga…

Alda M S Santos

 

Trocas

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: