ESPERANÇA
Perde-se folhas, flores e frutos, incontáveis vezes
Mas não se perde a capacidade de renovação
Quando se tem firmes raízes fincadas na emoção
Nos sonhos, na esperança viva no coração
Alda M S Santos